A Força da Fotografia na História

Tempo de leitura: 4 minutos

O valor histórico da Fotografia tem aumentado ano após ano, sendo, muitas vezes, impossível calcular sua importância, como testemunha ocular da História e, por conseguinte, agente reflexivo e transformador.

Confira 10 Imagens Que Fizeram História!

1. Almoço no topo de um arranha-céu

A  imagem intitulada Almoço no topo de um arranha-céu, foi clicada por Charles C. Ebbets, durante a construção do edifício RCA, em 1912. A Fotografia fazia parte da estratégia de lançamento do Rockfeller Center.

Almoço no topo de um arranha-céu, de Charles C. Ebbets
Almoço no topo de um arranha-céu (1912), de Charles C. Ebbets

2. Leila Diniz 

A efígie de Leila Diniz grávida, pousando de biquíni, causou furor e tornou-se um ícone da liberação feminina brasileira.

Não obstante o escândalo causado pela imagem, clicada em 1971, Gustav Klimt (1862 – 1918), pintor simbolista austríaco, já havia pintado uma mulher grávida nua de perfil décadas antes, mais precisamente, em 1903. O quadro (Hope I) também chocou a sociedade conservadora da Áustria.

Leila Diniz Joel Maia
Leila Diniz (1971), de Joel Maia
Gustav Klimt
Hope I (1903), Gustav Klimt

A Vida Retratada Pelas Lentes De 2 Mulheres Inspiradoras

Quanta Vale Uma Imagem?

3. JK

A fotografia, de Gervásio Baptista, registra a inauguração da nova capital federal, efeméride comemorada em 21 de abril de 1960.

JK
JK (1960), de Gervásio Baptista

7 Imagens Que Marcaram Época

Testemunha Ocular da História

4. Dia de VJ na Times Square

A fotografia Dia de VJ na Times Square, de Alfred Eisenstaedt, foi clicada em 14 de agosto de 1945, após o anúncio do fim da Segunda Guerra Mundial, feito pelo Presidente norte-americano Truman.

Dia de VJ na Times Square (1945) Alfred Eisenstaedt
Dia de VJ na Times Square (1945), de Alfred Eisenstaedt

5. Morte de um Soldado Legalista

A efígie Morte de um Soldado Legalista, de Robert Capa, foi tirada em 1936, durante a Guerra Civil Espanhola. A imagem registra o momento exato, em que o militar é atingido por um tiro no peito.

Morte de um Soldado Legalista (1936) Robert Capa
Morte de um Soldado Legalista (1936), de Robert Capa

6. Passeata dos Cem Mil

A imagem Passeata dos Cem Mil, clicada em 26 de junho de 1968, por Evandro Teixeira (1935), retrata os protestos contra a autocracia militar brasileira, e é produto das manifestações de maio de 1968, conhecida como a Revolução Jovem, ocorridas ao redor do mundo afora.

Tais protestos exigiam melhores condições de vida e liberdades civis (mundo afora), e a queda da ditadura no Brasil, após o golpe de estado de 1964. O poema Diante das fotos de Evandro Teixeira, de Carlos Drummond de Andrade foi inspirado nas fotos do fotojornalista.

Passeata dos Cem Mil Evandro Teixeira
Passeata dos Cem Mil (1968), de Evandro Teixeira

7. Napalm Girl

A efígie de Phan Thị Kim Phúc, vietnamita de nove anos à época, foi tirada por Nick Ut enquanto Phan corria pelas ruas do vilarejo, em que morava, após ser atingida por um bombardeio de explosivos de napalm, em 8 de junho de 1972.

A imagem tornou-se símbolo de crítica à guerra. Após a publicação desta fotografia pela Agência Associated Press, o mundo atentou para o extermínio e os protestos aumentaram a pressão para que o governo americano findasse o prélio. A efígie Napalm Girl venceu o Word Press Photo, de 1972, e o  Prêmio Pulitzer de Melhor Fotografia, de 1973.

Napalm Girl Nick Ut
Napalm Girl (1972), de Nick Ut

8. Garota Afegã

A imagem Garota afegã, de Steve McCurry, foi tirada em 1984, no campo de refugiados Nasir Bagh (Paquistão). A fotografia é comparada ao Quadro Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci; e popularmente conhecida, como a Mona Lisa afegã.

Menina-Afegã-Steve-McCurry 

9. O rebelde desconhecido

A imagem O rebelde desconhecido, de Jeff Widener, foi feita em 1989, na Praça da Paz Celestial, no momento em que estudantes e trabalhadores protestavam contra o Governo Totalitário Chinês.

O rebelde desconhecido Jeff Widener
O rebelde desconhecido (1989), de Jeff Widener

O Sal Da Terra, Uma Ode A Sebastião Salgado

10. Trabalhadores

A efígie, faz parte do livro Trabalhadores, de Sebastião Salgado, e retrata o trabalho penoso, muitas vezes, escravo de homens e mulheres em diversas regiões do mundo.

Trabalhadores-Sebastião-Salgado-1996
Trabalhadores (1996), de Sebastião Salgado(1996)

Curtiu A Força da Fotografia na História? Compartilhe o blog Da imagem à poesia, num click!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

Summary
A Força da Fotografia na História
Article Name
A Força da Fotografia na História
Description
A Fotografia, desde 1889, é testemunha ocular da História e, por conseguinte, agente reflexivo e transformador da realidade.
Author
Publisher Name
Bel Young
Compart. 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *