3 Fatores Pouco Conhecidos sobre a Fotografia Esportiva

Tempo de leitura: 4 minutos

Desde a sua invenção até os dias de hoje, a Fotografia ampliou o leque de vertentes, perpassando por diferentes gêneros, como o Fotojornalismo. O gênero teve início em 1887, com a publicação do jornal Daily Herald, primeiro panfleto ilustrado com fotos. Consolidou-se nas décadas de 40 e 50, com a criação da agência Magnum (cooperativa fotográfica, criada por Henri Cartier-BressonRobert Capa, David Seymour e George Rodger) e do prêmio World Press Photo, respectivamente.

Confira 3 curiosidades sobre a Fotografia Esportiva! 

  1. Início

Já a Fotografia Esportiva, braço do Fotojornalismo, teve início em 1896, a partir do registro de alguns lances da primeira Olimpíada da Era Moderna, criada pelo francês Barão Pierre de Coubertin (1863 – 1937); realizada em Atenas, berço dos Jogos Olímpicos da Antiguidade.

7 Curiosidades Sobre As Olimpíadas Que Você Precisa Saber

7  imagens que marcaram época

  1. Construção

Fotografia Esportiva ganhou força, após o fim da Primeira Guerra Mundial e se consolidou nos Jogos Olímpicos de 1936.

O evento foi marcado pelo pioneirismo, porquanto introduziu o revezamento da tocha e, principalmente, realizou a primeira transmissão de abertura e de algumas provas dos Jogos em teatros e cinemas de Berlim, cidade-sede das Olimpíadas. A responsável por tal façanha foi a cineasta germânica Leni Riefenstahl (1902 – 2003).

Veja Como Eram Produzidas E Editadas As Fotos Analógicas

  1. Consolidação

Alicerçada no Brasil e no mundo, a Fotografia Esportiva, ao longo dos anos, ganhou importância, devido à contribuição e obra de Fotojornalistas consagrados, tais como o húngaro Robert Capa (1913 – 1954) – fotógrafo de guerra -, o qual registrou os bastidores da Volta da França, e o francês Raymond Depardon (1942), que acompanhou os Jogos Olímpicos, de 1964 a 1980; ambos pela Cooperativa Fotográfica Magnum.

Robert Capa/Volta da França
Raymond Depardon/Jogos Olímpicos

Vôlei 

E também ampliou a gama de vertentes, desde a transmissão de esportes radicais, marinhos, outdoor até desportos indoor, dentre os quais, destaco a cobertura do vôlei.

Esporte criado por William George Morgan (1870 – 1942), diretor de educação física da Associação Cristã de Moços, na cidade de Holyoke, Massachusetts/Estados Unidos, em 1895, no escopo de reduzir o risco de lesão, já que não havia contato físico entre os atletas e também de criar um esporte menos fatigante que o basquete (modalidade em evidência na época).

Em 1896, foi publicado o primeiro artigo sobre a modalidade (pequeno resumo sobre o jogo e as suas regras, de maneira geral), escrito por J.Y. Cameron. O esporte iniciou o processo de globalização, a partir de 1900, ao chegar ao Canadá (primeiro país fora dos Estados Unidos).

Em 1947, cinquenta e dois anos após a invenção do desporto, foi fundada a Federação Internacional de Voleibol (entidade gestora e reguladora do voleibol mundial), tendo o Brasil, como um dos países fundadores.

Em 1949, foi realizado o primeiro campeonato mundial masculino na então Tchecoslováquia, vencido pela União Soviética. E, em 1952, foi disputado o primeiro mundial feminino, na União Soviética, ganho pelas anfitriãs.

Em 1964, na Olimpíada de Roma, na Itália, o voleibol de quadra (indoor) tornou-se modalidade olímpica (cuja medalha de ouro foi conquistada pela União Soviética, no masculino, e pelo Japão, no feminino).

Já o voleibol de praia foi introduzido nos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta, nos Estados Unidos (cujo título foi conquistado pelas brasileiras, no feminino, e pelos estadunidenses, no masculino).

A Era de Ouro do Vôlei Brasileiro 

No Brasil, a modalidade galgou degraus, desde sua introdução, no início do século XX até o começo do século XXI. Tanto que ganhou 23 medalhas olímpicas (10 no indoor e 13 no voleibol de praia), entre 2000 e 2016. Tais conquistas alçaram a modalidade ao posto de segundo esporte, na preferência dos brasileiros.

Fotografia-Esportiva-Vôlei-feminino

Medalhas do vôlei em Olimpíadas 

Feminino
Ouro (2008 e 2012);
Bronze (1996 e 2000).

Masculino
Ouro (1992, 2004 e 2016);
Prata (1984, 2008 e 2012).

Praia

Feminino
Ouro (96);
Prata (1996, 2000, 2004 e 2016);
Bronze (2012).

Masculino
Ouro (2004 e 2016);
Prata (2000, 2008 e 2012);
Bronze (2000 e 2012).

Mundial de Voleibol de praia

Feminino
Ouro (1997, 1999, 2001, 2011 e 2015);
Prata (2001, 2003, 2005, 2009 e 2015);
Bronze (1997, 2007, 2009, 2013 e 2015).

Masculino
Ouro (1997, 1999, 2003, 2005, 2009, 2011 e 2015);
Prata (2001, 2009, 2011 e 2013);
Bronze (1997, 1999, 2003 e 2015).

Curtiu? Compartilhe o blog Da imagem à poesia, num click!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

 

Compart. 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *