Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!

Confira a História de 2 Pinturas Famosas que romperam paradigmas e se tornaram marcos na História da Arte.

Então, vamos explorar os segredos destas 2 Pinturas Famosas?

1. A Última Ceia

Da Vinci levou três anos para pintar a obra A Última Ceia (1495 – 1498) – episódio bíblico descrito em Mateus 26, que narra a Santa Ceia de Jesus com seus discípulos, antes de ser crucificado e ressurreto.

O painel foi pintado na parede do refeitório do convento Santa Maria delle Grazie, em Milão, na Itália.

Em A Última Ceia, Leonardo inovou ao dividir os personagens bíblicos em três diferentes grupos, baseados na composição e no perfil psicológico de cada um.

Os discípulos estão dispostos da esquerda para a direita, da seguinte forma (Bartolomeu, Tiago Menor e André; Judas Iscariotes, Pedro e João; Tomé, Tiago Maior e Filipe; Mateus, Judas e Simão Zelote).

Leonardo também inovou

ao colocar Judas junto com os demais apóstolos, já que em outras Pinturas, ele é, praticamente, alijado da Ceia.

A Humanidade de Cristo

Da Vinci enfatizou a humanidade de Cristo, bem como o destacou dos demais, ao pintar a túnica Dele com uma cor quente e a dos discípulos com um matiz frio.

Além disso, os gestos dos discípulos conduzem o nosso olhar para Jesus.

Leonardo também usou o jogo de luzes e sombras, para obter maior realismo, e a perspectiva linear, para aumentar a ilusão de profundidade.

Para pintar A Última Ceia, Leonardo usou uma tinta semelhante à têmpera (técnica em que os pigmentos são misturados a um aglutinante – água e ovo), sobre a argamassa seca, o que facilitou a proliferação de fungos e o esfarelamento.

A Pintura começou a se deteriorar, enquanto da Vinci ainda estava vivo e 50 anos após, estava quase toda corroída, tanto que o reflexo da roupa dos discípulos nos pratos de metal desapareceu.

As restaurações ocorreram entre 1980 e 1999. No entanto, acredita-se que as reparações tenham causado mais danos do que reparos.

Ademais, o local, em que a obra foi pintada foi bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial e apenas a parede com a pintura se conservou, já que estava protegida por sacos de areia.

Curtindo Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!?

Continue lendo e confira a história de mais 1 Pintura Famosa!

Pinturas Famosas - A Última Ceia Leonardo da Vinci

Obra: A Última Ceia

Ano: (1495 – 1498)

Técnica: técnica experimental de afresco

Onde ver: Santa Maria delle Grazie (Milão – Itália)

Conheça A História De 3 Artistas Famosos E Suas Obras-Primas!

Curtindo Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!?

Continue lendo e confira a vida e a obra de Leonardo da Vinci!

Sobre Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci nasceu em 15 de 1452, provavelmente em Anchiano, na Itália.

Em 1469, aos 17 anos, da Vinci muda-se para Florença e se torna aprendiz de Andrea Verrochio, ao fazer estágio no estúdio do artista, (importante artífice da época), o qual ao ver a pintura de um anjo, feita por Leonardo, desiste de pintar.

Em 1482, Leonardo segue para Milão, onde trabalha para a corte de Ludovico Sforza, como engenheiro, escultor e pintor.

Neste ínterim, cria os quadros: A Virgem dos Rochedos (1483 – 1486), pintura concebida para um altar e A Última Ceia (1495 – 1498), afresco pintado na parede do refeitório do convento Santa Maria delle Grazie, em Milão, igreja construída pelo Duque Lodovico.

Em 1500, regressa a Florença, onde cria sua obra-prima: a enigmática La Gioconda – Mona Lisa – (1503 – 1506), a “sorridente”, um retrato de Lisa del Giocondo, esposa de Francesco del Giocondo.

Em 1516, com a morte Giuliano de Medici, seu patrocinador, passa a trabalhar para o Rei Francisco I, da França (mecenas, admirador e amigo do artista).

Faleceu nos braços do rei, em 1519.

Gênio Polivalente 

Não obstante, ter declarado: “ofendi a Deus e à humanidade, pois minha obra não alcançou a qualidade que deveria ter”, Leonardo da Vinci é considerado um dos maiores e mais importantes pintores Renascentistas (movimento Artístico surgido na Europa, no século XIV, caracterizado pela redescoberta e revalorização da Cultura Greco-Romana).

Leonardo também é aclamado o principal criador do Alto Renascimento (o auge do Movimento Italiano, iniciado com a concepção de A Última Ceia), o mais conhecido de todo o milênio.

E, principalmente, o maior Gênio da Humanidade, visto que dominava amplas áreas do conhecimento: Anatomia, Engenharia, Arquitetura, Matemática, Filosofia, Escultura, Pintura, Música e História Natural.

A Linguagem Cifrada de Leonardo da Vinci

Curtindo Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!?

Continue lendo e confira a história de mais 1 Pintura Famosa!

2. Decapitação de São João Batista

Decapitação de São João Batista (1608) é considerada por muitos, a Magnum Opus (melhor ou mais popular obra) de Caravaggio.

A obra foi pintada para os Cavaleiros Hospitalários, que governavam Malta (ilha situado no Mar Mediterrâneo) naquele período, cujo patrono era São João Batista.

Na Pintura, Caravaggio usou a Regra dos Terços, algo muito raro à época (técnica derivada da Proporção Áurea e do Retângulo de ouro – cuja razão entre os comprimentos dos lados maior e menor é igual ao número de ouro – 1,618, o qual representa a Proporção Divina).

Tal metodologia foi usada pelo escultor grego Fídias (480 – 430 a.C.), a fim de construir o templo Partenon, localizado na Acrópole ateniense; pelos egípcios, na construção das pirâmides de Gizé, no Egito; e pelo artista Renascentista Leonardo da Vinci.

Regra Dos Terços

Na Regra Dos Terços, a imagem é dividida em nove quadrados, com duas linhas verticais e duas horizontais.

E na intersecção dos pontos se forma o terço de ouro (mais à direita ou à esquerda e não no centro), a fim de destacar um dos elementos e de obter uma efígie equilibrada.

Como pode ser conferido no quadro Decapitação de São João Batista (episódio bíblico narrado em Mateus 14, em que João Batista, precursor de Jesus, foi degolado, a mando de Herodes, tetrarca da Galileia, por este ter advertido o governante sobre o seu caso extraconjugal, com a sua cunhada, Herodias).

No Quadro, os personagens estão posicionados no terço de ouro (do centro para a esquerda).

Nota-se também o uso da técnica claro-escuro na Pintura.

Em Decapitação de São João Batista, Caravaggio reflete sobre a condição humana e faz uma autocrítica, já que assina a pintura, escrevendo o seu nome no sangue de João Batista, a fim de expurgar a sua culpa pelo assassinato do espadachim Tomassoni.

 Pinturas Famosas - Decapitação de João Batista Caravaggio

 Obra: Decapitação de João Batista

Ano: 1608

Técnica: Óleo sobre tela

Onde ver: Catedrale di San Giovanni (La Valletta – Malta)

As Duas Faces de Caravaggio

Curtindo Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!?

Continue lendo e confira a vida e a obra de Caravaggio!

Sobre Caravaggio

Michelangelo Merisi (1570 – 1610), mais conhecido como Caravaggio é considerado o primeiro grande representante do Barroco (movimento nascido em Roma ligado à Contrarreforma religiosa, com forte influência em países católicos).

obra de Caravaggio foi influenciada pela Renascença (movimento Artístico surgido na Europa, no século XIV, caracterizado pela redescoberta e revalorização da Cultura Greco-Romana) tanto na forma como no conteúdo.

Já que utilizava a perspectiva, a tridimensionalidade e o jogo de luzes e sombras em suas pinturas.

E, principalmente, seu tema basilar, também era um dos principais de pintores Renascentistas, qual seja: uma visão mais obscura e realista das escrituras sagradas.

Tanto que Caravaggio se notabilizou por pintar personagens e eventos bíblicos em situações mundanas, com impressionante realismo, devido ao uso de fundos rasos, muitas vezes totalmente negros e ao agrupamento da cena em primeiro plano com focos intenso de luz sobre os detalhes, geralmente os rostos e, também, por sua irreverência e quebra do status quo artístico.

Caravaggio e a Fotografia 

O artista é considerado um dos precursores da Fotografia, devido ao enquadramento, ao jogo de luzes e sombras que utilizava nos personagens e nos objetos retratados; e, principalmente, pelo pleno domínio da luz.

Sua obra também influenciou Pintores Barrocos Contemporâneos, como o francês Georges de La tour (1593 – 1652), conhecido pelo uso da técnica claro-escuro, concebida por Caravaggio, o holandês Rembrandt Harmenszoon van Rijn (1606 – 1669) e o espanhol Diego Velásquez (1599 – 1660).

A dualidade de Caravaggio

Ao largo de sua Arte, a vida do artífice foi marcada pela dualidade (pecador e remido, cristão e criminoso) e por inúmeras controvérsias, desde prisões por difamação e desacato à autoridade, até assassinato.

Google Art Project

E você, de quais outras Pinturas Famosas é fã?

Deixe seu comentário!

Curtiu Conheça Os Segredos De 2 Pinturas Famosas De 2 Gênios Da Pintura!? Compartilhe!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + treze =