Descubra como a Tecnologia está revolucionando o Esporte!

A Indústria Esportiva vem passando por grandes transformações, que vão desde a criação do marketing esportivo na década de 20 até o uso da tecnologia para aprimorar a performance de atletas e equipes, aumentar a receita de entidades esportivas e melhorar a experiência e o engajamento dos fãs. Confira 4 Inovações Tecnológicas no Esporte!

Confira 4 Inovações Tecnológicas No Esporte!

Quer saber mais sobre Inovação no Esporte? Continue comigo ao longo deste artigo!

  1. Real x Virtual;
  2. Conheça ambientes virtuais imersivos;
  3. Descubra como os Fan Tokens estão revolucionando os clubes de futebol;
  4. Saiba como os NFTs estão revolucinando a experiência e o engajamento dos fãs.

Colecione Cards Raros!

1. Real X Virtual

Já imaginou jogar com 5 versões suas?

Sim. O tenista John McEnroe realizou tal façanha e satisfez o desejo de muitos de nós.

Tudo graças à tecnologia.

McEnroe disputou uma partida de tênis com o seu avatar (projetado por inteligência artificial e machine learning).

Os 5 avatares são de anos diferentes (1979, 1981, 1982, 1984 e 1992) e representam momentos distintos da carreira de McEnroe.

Por exemplo, o avatar do ano de 1984 marca o período, em que McEnroe obteve o recorde de 42 vitórias seguidas e de 82 triunfos, no total.

E, principalmente, 1984 marca a temporada, em que o tenista alcançou o topo do ranking mundial.

Já 1992, marca o ano da aposentadoria do atleta.

2 Regras de Ouro Para Lucrar com NFTs Esportivos!

2. Metaverso

Já imaginou conhecer a Arena do Corinthians sem ir a São Paulo, a Rafa Nadal Academy sem ir à Espanha ou correr nas pistas da Nike sem ir aos Estados Unidos?

Sim, é possível realizar essas e muitas atividades.

Tudo graças ao Metaverso!

O Metaverso (termo cunhado pelo escritor Neal Stephenson, no livro de ficção científica Snow Crash, publicado em 1992) é um ambiente virtual imersivo construído por meio de diversas tecnologias, como Realidade Virtual, Realidade Aumentada e hologramas.

No Metaverso, as pessoas interagem, divertem-se, jogam on-line, assistem a shows, realizam reuniões, compram. Tudo por meio de avatares.

Arena Corinthians

O Corinthians criou uma plataforma de realidade virtual, em que é possível ver o estádio em 360 graus, visitar vestiários, os corredores de acessos dos setores e até espaços exclusivos da zona de competição dos jogadores, como campo, vestiários, zona mista, sala de imprensa e sala de coletiva, ao som da torcida corintiana ao fundo (caso o torcedor opte por tal possibilidade);

Rafa Nadal Academy

Sim, é possível conhecer a Rafa Nadal Academy sem ir à Espanha.

Tudo graças ao Metaverso!

No Metaverso da Rafa Nadal Academy, é possível fazer um tour pra conhecer as instalações de uma das principais escolas de tênis do mundo, cujo dono é o tenista espanhol Rafael Nadal.

No tour, é possível visitar o centro esportivo (academia, spa, dormitórios para os familiares, piscina e restaurante); o colégio (quartos dos atletas, escola de tênis) e o Edifício principal (centro médico, quadras rápidas e de saibro).

Também é possível completar missões e ganhar prêmios.

Nikeland

É possível praticar Esportes (Natação, Atletismo) e atividades recreativas, como pega-pega no trampolim ou jogar queimada, na Nikeland (Metaverso da Nike no Roblox – plataforma de jogos on-line free-to-play voltado para crianças -, uma réplica da sede mundial da empresa).

É possível criar minijogos ou misturar os seus esportes favoritos.

Também é possível vestir os avatares com produtos da empresa e colecionar bens (tênis, roupas e acessórios) da Nike.

Curtindo 4 Inovações Tecnológicas no Esporte?

Confira mais 2 Inovações Tecnológicas no Esporte!

3. Fan Token

O fan token é uma versão 3.0 do programa de sócio-torcedor.

No entanto, diferente dos programas tradicionais de sócio-torcedor, os fan tokens podem se valorizar ou desvalorizar com o passar do tempo.

E, assim, como os programas de sócio-torcedor, os fan tokens visam gerar o engajamento de torcedores e fãs, que

influenciam nas decisões do clube, por meio de enquetes.

O Corinthians criou o fan token $SCCP, que esgotou a venda em apenas 2 horas (850 mil unidades) e bateu recordes no Mercado Bitcoin (patrocinador do clube).

Em troca do ativo, os fãs receberam o direito de indicar qual jogador (Ronaldo Fenômeno, Basílio e Gilmar dos Santos Neves) entrará para o Hall da Fama do Corinthians;

O Atlético Mineiro ($GALO), o Flamengo ($MENGO), o Santos (Santos FC Fan Token), o São Paulo ($SPFC) e o Cruzeiro (CRZO) também criaram os seus fan tokens;

Já a Seleção Brasileiro criou o Brazil Fan Token (BFT), que foi vendido em apenas 19 minutos (maior do mundo envolvendo tokens de torcedor) e arrecadou R$ 90 milhões.

Em troca do ativo, os fãs receberam recompensas exclusivas.

Vale ressaltar que é necessário ter criptomoedas, para comprar os Fan Tokens.

NFTs Esportivos

NFTs (tokens não-fungíveis) são certificados que atestam a autenticidade de uma obra de arte ou item digital.

O uso dos tokens é bastante abrangente e ainda pouco explorado, pois é uma tecnologia relativamente nova.

Os NFTs podem ser usados para criação e comercialização de obras de arte, leilões, venda de ingressos (por exemplo, todos os ingressos para o show de abertura da última turnê da carreira do Milton Nascimento foram comercializados em NFTs e vendidos em menos de 48h), criação e comercialização de itens colecionáveis, como card esportivos.

NFTs Esportivos

Uma das precursoras do uso de NFTs no Esporte foi a NBA (National Basketball Association, associação americana de basquete) com a transformação de momentos dos jogos dos times da liga em cards colecionáveis.

Outra iniciativa foi da empresa Sorare, que criou cards colecionáveis de times e lendas do Futebol.

Um dos primeiros cards foi de Ronaldo, o Fenômeno.

Os cards chamados de Sorare Legendary XI contêm entrevistas com os atletas.

Colecione Cards Raros!

O Atlético Mineiro criou uma coleção de camisas históricas em formato NFT (cada uma com versões 2D e 3D).

Possíveis uso dos NFTs 

A comercialização de ingressos em NFTs, a fim de evitar falsificações e cambismo, como o fato que ocorreu na final da Champions League entre Liverpool e Real Madrid, que causou frustração nos torcedores que não puderam assistir ao jogo, já que haviam comprado ingressos falsos e transtorno aos organizadores do evento, que tiveram de adiar o início da partida em 37 minutos.

Outra possibilidade é o uso de NFTs dinâmicos, em que os tokens são modificados tanto na imagem quanto nos dados. Por exemplo, um ingresso em NFT, em que as informações do jogo, como placar ou estatísticas são atualizados assim que a partida é finalizada.

Ou o card de um atleta, que é atualizado com as partidas e campeonatos que ele disputou, prêmios que ganhou ao longo da sua carreira, etc.

Vale ressaltar que os NFTs esportivos devem vir acompanhados de experiências reais ou recompensas físicas, por exemplo, ao comprar o card de uma equipe da NBA, o fã recebe o direito de assistir a uma partida do time ou de encontrar com a estrela do plantel.

Ou ao comprar o card colecionável de uma estrela do futebol, o fã recebe uma camisa autografada do jogador que estampa o card.

Vale ressaltar que é necessário ter criptomoedas, para comprar os NFTs.

As possibilidades são muitas para revolucionar o Esporte!

Confira 6 Inovações no Mercado Esportivo!

Curtiu Conheça 4 Inovações Tecnológicas No Esporte!? Compartilhe!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito + 12 =