Jogando com Algoritmos: A Revolução da IA no Mundo Esportivo!

Embarque numa jornada em que a criatividade humana e o poder da Inteligência Artificial aplicada ao mundo esportivo se unem para criar uma jogada de mestre!

A Inteligência Artificial (IA) não se limita apenas ao reino dos códigos e algoritmos. Ela entrou no campo de jogo e está redefinindo o que é possível nos Esportes e na Publicidade Esportiva.

A IA não é apenas uma ferramenta, é um treinador incansável, um analista implacável e um estrategista sem igual.

Dos gramados aos ginásios, dos estádios às quadras, a IA está desafiando o status quo, impulsionando o desempenho dos atletas, otimizando estratégias e nos permitindo explorar novos limites do potencial humano.

Nessa interseção entre a mente humana e a potência das máquinas, a inteligência artificial desempenha um papel fascinante na evolução da publicidade esportiva.

À medida que os esportes capturam a imaginação e paixão de multidões, a IA não apenas aprimora a eficácia dos anúncios, mas também redefine a forma como experimentamos, compartilhamos e nos conectamos com o universo esportivo, gerando um impacto verdadeiramente revolucionário.

Descubra como a IA está transformando a publicidade esportiva, dando vida aos sonhos e aspirações que inundam o mundo dos esportes.

Prepare-se para uma jornada em que a criatividade humana e o poder da IA se unem para criar uma jogada de mestre.

https://belyoung.com.br/5-inovacoes-revolucionando-esporte/

Confira 4 exemplos de uso da Inteligência Artificial na Publicidade Esportiva!

O uso de Inteligência Artificial em comerciais está muito em voga, após o lançamento da campanha de 70 anos da Volkswagen.

Aproveitando o hype, que tal relembrar algumas campanhas com mote esportivo que usaram IA?

1. O uso de IA em comerciais, não é nova, já que a Gatorade utilizou o recurso em 2003, para simular uma partida de Basquete entre duas versões do Michael Jordan.
https://lnkd.in/dbh_8s52

2. Já em 2021, o Mercado Livre usou IA para emular a voz do pai de Zico, em que o patriarca pede para que o Galinho de Quintino marque o gol de número de 335 dele no Maracanã.
Tal campanha foi criada, a fim de celebrar o Dia dos Pais.
https://lnkd.in/dX_Ny5ss

3. A Nike também usou IA, em 2022, para criar uma batalha de gerações de jogadoras e jogadores de futebol, a fim de divulgar o seu Metaverso no Roblox.
https://lnkd.in/d7Y5vQxJ

4. A campanha Mais que uma Copa foi criada pelo Itaú, patrocinador oficial da Seleção Brasileira, a fim de homenagear as mulheres brasileiras que, durante quatro décadas, foram proibidas de praticar o futebol no país.
Por meio da inteligência artificial (IA), foram imaginadas e criadas imagens das jogadoras do Brasil, nas décadas de 1950, 1960 e 1970 (período em que havia a proibição de mulheres jogarem futebol no país).
Tal proibição só caiu em 1983, com a regulamentação do Futebol Feminino no país.

Vamos a outros exemplos de uso da Inteligência Artificial no Mundo Esportivo?

Embarque comigo nessa incrível viagem pelo casamento entre a inteligência artificial e o universo do Esporte, em que o potencial humano e a mente algorítmica se unem em busca da excelência esportiva.

A Tecnologia Hawk-Eye (detecção da bola), foi testada, pela primeira vez, nas quartas de final feminina do US Open de 2004.

E em, em 2006, ganhou fama global ao ser utilizada no US Open, primeiro Grand Slam (principais 4 torneios do circuito de tênis) a utilizar a Tecnologia Hawk-Eye.

Já a tecnologia (leia-se VAR) foi testada, pela primeira vez, num amistoso entre PSV e FC Eindhoven, realizado na Holanda, em 2016.

E, com o passar dos anos, o VAR passou a ser implantado em torneios oficiais, como Copa do Mundo, Libertadores, Campeonato Brasileiro, Liga dos Campeões, etc.

Atualmente, o VAR é usado, a fim de checar 15 lances de jogo: gols; pênaltis; possíveis cartões vermelhos diretos e erros de identificação de jogadores (por exemplo, um cartão amarelo para um atleta que não fez a falta), etc.

Como o uso da Inteligência Artificial decidiu uma classificação de Copa do Mundo!

Sim, isto ocorreu na Copa do Mundo de 2022, no jogo entre Japão e Espanha.

Já que após cinco minutos de revisão, o VAR confirmou que a bola não saiuno cruzamento realizado por Mitoma para o gol de Tanaka, o que determinou a vitória de virada do Japão sobre a Espanha por 2 a 1.

E decretou a classificação do Japão às oitavas de final e a eliminação da Alemanha na fase de grupos.

Outra inovação na Copa do Mundo de 2022 foi a bola com sensor de impedimento, criada pela fabricante de material esportivo Adidas.

A bola tinha 12 câmeras espalhadas pelo estádio, que monitoravam até 29 pontos do corpo de cada jogador, 50 vezes por segundo.

Vale ressaltar que a Tecnologia Hawk-Eye (usada na bola) reduziu o tempo de análise de um lance de impedimento em 45 segundos (de 70s para 25s).

Real x Virtual

Outro exemplo de utilização da Inteligência Artificial no Esporte foi a realização da partida entre o tenista John McEnroe e o avatar dele.

Já imaginou jogar com 5 versões suas?

Sim. O tenista John McEnroe realizou tal façanha e satisfez o desejo de muitos de nós.

Tudo graças à tecnologia.

McEnroe disputou uma partida de tênis com o seu avatar (projetado por inteligência artificial e machine learning).

Os 5 avatares são de anos diferentes (1979, 1981, 1982, 1984 e 1992) e representam momentos distintos da carreira de McEnroe.

Por exemplo, o avatar do ano de 1984 marca o período, em que McEnroe obteve o recorde de 42 vitórias seguidas e de 82 triunfos, no total.

E, principalmente, 1984 marca a temporada, em que o tenista alcançou o topo do ranking mundial.

Já 1992, marca o ano da aposentadoria do atleta.

https://lnkd.in/d9QTTkkK

https://belyoung.com.br/7-regras-para-ter-uma-colecao-de-nfts-esportivos-de-sucesso/

Conclusão de Jogando com Algoritmos: A Revolução da IA no Mundo Esportivo!

A utilização da inteligência artificial no mundo esportivo é uma tendência promissora que está transformando a maneira como os atletas treinam, as equipes se preparam, as marcas se comunicam e os fãs vivenciam o esporte.

A análise de dados avançados, a otimização de estratégias e a melhoria do desempenho atlético são apenas algumas das maneiras pelas quais a IA está revolucionando o cenário esportivo.

À medida que a IA continua a evoluir, é empolgante imaginar como ela continuará a moldar e aprimorar o cenário esportivo, proporcionando novas oportunidades, desafios e experiências para atletas, treinadores, marcas e fãs.

No entanto, é crucial encontrar um equilíbrio entre o uso da tecnologia e a preservação do aspecto humano, garantindo que o esporte mantenha sua essência e valores. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 4 =