Morada De Muitos Pássaros E Flores

Em comemoração ao Dia Nacional Da Poesia, publico o Poema Moinho de Vento, de minha autoria!

O Dia Nacional Da Poesia é comemorado, extraoficialmente, no dia 14 de março.

A efeméride foi criada em homenagem ao nascimento, em 14 de março de 1847, de Frederico de Castro Alves, aclamado “O Poeta dos Escravos”.

Já que Castro Alves era ferrenho defensor da abolição da escravatura.

Tal ideologia foi evidenciada nos poemas Navio Negreiro (a ode Tragédia no mar, mais tarde renomeada de Navio Negreirofoi declamada por Castro Alves, no dia 7 de setembro de 1868, em São Paulo) Vozes d’África

Tais poesias integram a obra Os Escravos (1883)composição dividida em duas partes: A cachoeira de Paulo Afonso (1876) e Manuscritos de Stênio (1883).

Castro Alves também é considerado o maior autor Romântico Brasileiro (movimento artístico, político e filosófico surgido na Europa, no fim do século XVIII, caracterizado pela subjetividade, pelo eu e pelo nacionalismo).

Confira o Poema Moinho de Vento, de minha autoria!

 

Moinho de vento

Bel Young

 

Havia crescido junto com aquele moinho de vento,

Porém, não havia notado o quão triste e sem vida havia

se tornado ao longos dos anos.

O que teria causado aquela transformação?!

Talvez fosse o meu abandono,

Quiçá fosse a idade,

Talvez fosse a má conservação.

Estava equivocada

O motivo daquela mudança brusca,

Era o efeito causado pela fúria dos deuses, os vendavais

O vento, “motor e coração” do moinho um dia,

Agora havia se tornado sua maior ameaça.

Um sentimento de impotência e de incompreensão tomou conta de mim.

Senti que um pedaço de mim estivesse morrendo junto com aquele moinho,

Não poderia permitir sua morte prematura.

Após longa reflexão

Havia encontrada uma solução:

Faria dele, minha morada.

E assim, o vento não destruiria mais o meu moinho, morada de muitos pássaros e flores.

De Onde Vem Essa Fragrância Inebriante?

Façamos Do Sonho, Uma Ponte

Confira 7 e-books de Castro Alves

  1. A Boa Vista
  2. A cachoeira de Paulo Afonso
  3. A canoa fantástica
  4. O Navio Negreiro
  5. O Segredo
  6. No monte
  7. Os Escravos

Curtiu Moinho de vento? Compartilhe!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − quinze =