7 Imagens Que Marcaram Época

Tempo de leitura: 3 minutos

Confira o artigo 7 fotos que fizeram História, escrito por mim, publicado no Portal Photos, referência no setor fotográfico.

1. Garota afegã (Steve McCurry – 1984)

Menina-Afegã-Steve-McCurry fotos que fizeram História

A imagem Garota afegã, de Steve McCurry, foi tirada em 1984, no campo de refugiados Nasir Bagh (Paquistão). A imagem é comparada ao Quadro Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci; e popularmente conhecida, como a Mona Lisa afegã.

No fundo, a Fotografia é subversiva, não quando aterroriza, perturba ou mesmo estigmatiza, mas quando é pensativa.

Roland Barthes

A Força da Fotografia na História

2. Napalm girl (Nick Ut – 1972) 

Napalm-Girl-Nick-Ut fotos que fizeram História

A imagem de Phan Thị Kim Phúc, garota vietnamita de nove anos, foi tirada por Nick Ut, enquanto, Phan corria nua pelas ruas do vilarejo, em que morava, após ser atingida por explosivos napalm, em 8 de junho de 1972. A imagem tornou-se símbolo de crítica à guerra do Vietnã.

Após a publicação desta foto pela Agência Associated Press, o mundo atentou para o extermínio, e os protestos aumentaram a pressão para que o governo americano findasse o combate no país asiático. A imagem venceu o Word Press Photo, de 1972, e o Prêmio Pulitzer de Melhor Fotografia (1973).

Revelando a Fotografia Analógica

3. Guerrilheiro heroico (Alberto Korda – 1960)

Guerrilheiro-Heroico-Alberto-Korda fotos que fizeram História

A imagem Guerrilheiro heroico, de Alberto Korda, foi tirada em 5 de março de 1960, em Havana (Cuba), porém, foi publicada apenas em 1967, com a morte de Che. A efígie de Che Guevara é uma das mais reproduzidas da história da Fotografia e símbolo do Socialismo.

Veja Mais Algumas Fotos Que Fizeram História!

4. O rebelde desconhecido (Jeff Widener – 1989) 

O-Rebelde-Desconhecido-Jeff-Widener fotos que fizeram História

A imagem O rebelde desconhecido, de Jeff Widener, foi clicada em 1989, na Praça Tiananmen, mais conhecida como Praça da Paz Celestial, em Pequim (China), no momento em que estudantes e trabalhadores protestavam contra o Governo Totalitário Chinês.

5. Touché (Wilton Junior – 2011) 

Touché - Wilton Junior fotos que fizeram História
Touché – Wilton Junior

A fotografia Touché, de Wilton Junior, foi clicada em agosto de 2011; no instante, em que a presidente Dilma Rousseff entregava espadins a cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ).

A imagem é uma metáfora da crise política e institucional brasileira, visto que mostra Dilma sendo atingida por uma espada, portada por um militar. Tal efeito se deveu ao achatamento de planos, devido ao uso de uma lente teleobjetiva.

Em 2011, a foto foi laureada tanto com o Prêmio Esso de Jornalismo quanto com o Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha.

6. Dia de VJ na Times Square (Alfred Eisenstaedt – 1945) 

Dia-de-VJ-na-Times-Square- fotos que fizeram História

O Beijo do Hotel de Ville fotos que fizeram História
O Beijo do Hotel de Ville, de Robert Doisneau

A fotografia Dia de VJ na Times Square, de Alfred Eisenstaedt, foi clicada em 14 de agosto de 1945, logo após o anúncio do fim da Segunda Guerra Mundial, feito por Harry S. Truman, presidente norte-americano. A imagem O Beijo do Hotel de Ville (1950), de Robert Doisneau, faz alusão à foto de Alfred Eisenstaedt.

7. JK (Gervásio Baptista – 1960)

JK-Gervásio-Baptista fotos que fizeram História

A fotografia realizada em 21 de abril de 1960, por Gervásio Baptista, registra a inauguração de Brasília, a nova capital federal, símbolo maior da Modernização do país. A imagem, capa da extinta Revista Manchete, rodou o mundo.

Curtiu 7 Fotos Que Fizeram História? Compartilhe o  blog  Da imagem à poesia, num click!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

 

Summary
7 Fotos Que Fizeram História
Article Name
7 Fotos Que Fizeram História
Description
Confira o artigo 7 fotos que fizeram História, escrito por mim, publicado no Portal Photos, referência no setor fotográfico.
Author
Publisher Name
Bel Young
Compart. 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *