2 Regras de Ouro Para Lucrar com NFTs Esportivos!

O mercado digital vem passando por grandes mudanças, devido à transformação digital e, principalmente, à web 3.0 (descentralização, privacidade e virtualidade da rede). Tais transformações geram uma grande oportunidade de Impulsionar o seu Negócio e lucrar com NFTs Esportivos.

Colecione Cards Raros!

Quer saber mais sobre Metaverso e NFTs? Continue comigo ao longo deste artigo!

  1. O que é o Metaverso;
  2. O que são NFTS;
  3. Qual é o tamanho do mercado do Metaverso e de NFTs;
  4. Aprenda a criar NFTs;
  5. Descubra como vender NFTS;
  6. Saiba como comprar NFTs.
  7. Descubra como lucrar com NFTs.

Você sabe o que é Metaverso e NFT? Descubra Já!

O Metaverso, cujo termo foi cunhado pelo escritor Neal Stephenson, no livro de ficção científica Snow Crash, publicado em 1992,  é um ambiente virtual imersivo construído por meio de diversas tecnologias, como Realidade Virtual, Realidade Aumentada e hologramas, em que as pessoas interagem, por meio de avatares, realizam compras, divertem-se, jogam, assistem shows, etc.

Já os NFTs (tokens não-fungíveis em Português) são um certificado digital de propriedade, que atestam a autenticidade e autoria dum ativo, seja físico ou digital.

Os certificados são únicos e registrados em uma “blockchain” (grande banco de dados público e imutável que utiliza criptografia).

Tais tokens podem ser usados no Metaverso, como avatar da pessoa numa reunião, por exemplo.

Tamanho do Mercado

A previsão é que a novidade tenha vindo para ficar, já que o mercado do Metaverso movimentou US$ 47,69 bilhões em 2020. E a projeção é que atinja US$ 828,95 bilhões em 2028, com uma taxa de crescimento taxa anual de 43,3% entre 2021 e 2028, segundo a consultoria canadense Emergen Research.

Já o mercado de NFT movimentou US$ 2 bilhões apenas no primeiro trimestre de 2021, segundo dados do site NonFungible.com.

E, como não poderia ser diferente, o mercado esportivo está começando a surfar nessa tendência também.

O que o NFT e itens colecionáveis esportivos têm em comum? Descubra Já!

Você deve estar se perguntando como transformar as suas ideias em NFTs esportivos, não é mesmo?

Então, vamos ao passo a passo?

2 Regras de Ouro Para Lucrar Com NFTs Esportivos!

O primeiro passo para transformar seus produtos (por ex, itens colecionáveis ou ativos digitais rastreáveis – uniformes, escudos, etc. -, fotografias, designs) em NFTs, é se cadastrar em uma plataforma como a MetaMask (mais usada para criação de NFTs e outras criptomoedas), Rainbow, Coinbase, Fortmatic ou Portis e criar a sua carteira digital (login).

Plataformas NFT

Em seguida, entrar numa plataforma de geração de NFT, como a Rarible ou a OpenSea, líder de mercado.

E cunhar (criar) um NFT, qualquer tipo de conteúdo digital nos formatos suportados, como PNG, JPEG, MP4, etc.

É possível criar um item apenas ou uma coleção.

Vale ressaltar que não é necessário ter conhecimento em programação para criar um NFT, já que todo o processo de criação é realizado pela plataforma.

Confira 6 Inovações no Mercado Esportivo!

Custos

Tanto a OpenSea quanto a Rarible não cobram pelo registro, desde que você opte pela “cunhagem gratuita”.

Neste caso, o comprador do seu NFT pagará as taxas.

OpenSea

A cunhagem gratuita pode ser realizada na Polygon.

Sendo assim, você deve optar pela Polygon, em vez da Ethereum (item “Blockchain“).

No entanto, a OpenSea cobra uma taxa de serviço de 2,5%, deduzida do preço de venda do NFT.

O preço de venda será em Ether (a moeda do Ethereum), embora você esteja usando a rede Polygon.

Você também pode receber porcentagens das vendas que serão realizadas, posteriormente. Para tal, é necessário acessar o editor de coleção e ajustar o campo “Taxa de porcentagem” na seção Royalty.

Em seguida, especifique o endereço de pagamento onde você deseja receber as taxas.

Vale ressaltar que a OpenSea tem uma seção dedicada a NFTs esportivos.

Colecione Cards Raros!

Rarible

A cunhagem gratuita também adiciona sua criação à coleção Rarible (os conjuntos são como pastas para NFTs), não a sua.

Já para lançar sua própria coleção, você precisa pagar as taxas.

Para tal, é necessário comprar alguns ethers (a moeda do Ethereum) ou o Flow (as taxas são mais baixas que as do Ethereum) para pagar por essas transações.

A plataforma também suporta o Tezos.

O segundo passo é registrar os seus produtos e determinar os valores dos seus NFTs.

Além de informações como nome e data, você pode definir, por exemplo, se terá comissão sobre futuras revendas de sua obra.

Também pode definir em quais coleções digitais aparecerá a obra, na do Rarible ou em alguma outra da sua escolha.

E, por fim, comercializá-los em um Marketplace, como na OpenSea, plataforma líder de mercado, ou na Rarible.

Antes de mintar (lançar a sua coleção), é recomendado criar um roadmap, ferramenta de planejamento estratégico usada para definir os resultados desejados, marcos e tarefas de alto nível para lançar a coleção no mercado.

É preconizado criar uma comunidade sobre o seu projeto no Discord, a fim de interagir com os usuários, receber críticas e sugestões.

Também é aconselhável gerar engajamento nas redes sociais, como o Twitter.

Já que tais ações são fundamentais para o sucesso comercial da sua coleção.

Você também pode atuar na outra ponta dessa cadeia e comprar NFTs.

2 Regras de Ouro Para Lucrar Com NFTs Esportivos!

Como dito anteriormente, NFT (token não-fungível em Português) é um certificado digital único, registrado em um blockchain, que é usado para registrar a propriedade de um ativo como uma obra de arte ou um colecionável.

Tal definição foi dada pelo dicionário Collins.

Agora, vamos a parte que realmente interessa a você.

A primeira razão para você comprar um NFT é porque um token não-fungível é único, autêntico e indivisível.

E, como sabemos, tudo que é original e único tem mais valor.

E tal qual uma obra de arte ou um item colecionável, o NFT pode se valorizar ao longo do tempo.

Já a segunda razão é que o NFT pode ser revendido no mercado secundário (marketplaces, como o OpenSea, maior plataforma de negociação de criptoativos) por um valor muito maior do que foi adquirido na mintagem (lançamento da coleção) no mercado primário.

E dependendo da coleção que comprar, você também terá participação nas vendas futuras.

Na plataforma OpenSea, é possível analisar quais são as tendências (Trending), interesse dos usuários (Lances e likes), o histórico de vendas e, principalmente, a liquidez do projeto (quantos itens estão à venda e quantos já foram comprados).

Para acessar tal informação, clique em Atividade e selecione a opção Listagem e Vendas.

Segundo a OpenSea, 65% dos tokens comprados resultaram em lucro.

Prova desse sucesso é o Streamer e Youtuber El Gato, do canal NFT na Lua, que comprou um token da coleção CLONE X, de Takashi Murakami, por US$ 12 mil e o vendeu por US$ 38.493.

Vale ressaltar que é necessário ter criptomoedas, para comprar os NFTs.

E, principalmente, é imprescindível estudar bastante antes de adquirir um NFT, já que é um investimento de risco, uma vez que o token pode se valorizar ou se depreciar ao longo do tempo.

Bons Negócios!

Colecione Cards Raros!

Curtiu 2 Regras de Ouro Para Lucrar Com NFTs Esportivos!? Compartilhe!

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 + onze =