Descubra Como Fotografar Imagens Impossíveis De Ignorar!

Descubra Como Fotografar Imagens Impossíveis De Ignorar!

Descubra como Como Fotografar Imagens Impossíveis De Ignorar no Módulo Fotografia! O Módulo Fotografia é composto pelo E-book Aprenda Composição Fotográfica Com Os Mestres Da Pintura e por um Tríptico Fotográfico. Tríptico Fotográfico (conjunto de três imagens do desfile de 7 de Setembro, realizado em Campinas, no interior de São Paulo, por integrantes Das Forças Armadas). As imagens retratam o meu olhar, ao participar/vivenciar e fotografar, pela primeira vez, o desfile de 7 de Setembro, evento cívico fundamental na construção da Identidade Nacional Brasileira. Usei Continue lendo

3 Fatos Pouco Conhecidos sobre a Fotografia Esportiva

3 Fatos Pouco Conhecidos sobre a Fotografia Esportiva

Desde a sua invenção até os dias de hoje, a Fotografia ampliou o leque de vertentes, perpassando por diferentes gêneros, como o Fotojornalismo e a Fotografia Esportiva. O Fotojornalismo teve início em 1887, com a publicação do jornal Daily Herald, primeiro panfleto ilustrado com fotos. O Fotojornalismo se consolidou nas décadas de 40 e 50, com a criação da agência Magnum (cooperativa fotográfica, criada por Henri Cartier-Bresson, Robert Capa, David Seymour e George Rodger) e do prêmio World Press Photo, respectivamente. O melhor do esporte mundial ao vivo Continue lendo

7 Curiosidades Sobre As Olimpíadas Que Você Precisa Saber

7 Curiosidades Sobre As Olimpíadas Que Você Precisa Saber

Você sabe tudo sobre a História das Olimpíadas? Confira 7 Curiosidades Sobre os Jogos Olímpicos, o maior evento esportivo do planeta! 7 Curiosidades Que Todo Aficionado Por Olimpíadas Deve Saber 1. O francês Pierre de Fréd, mais conhecido como Barão de Coubertin, criou os Jogos Olímpicos da Era Moderna (cujo lema é: Citius, altius, fortius – mais rápido, mais alto, mais forte), com o objetivo de celebrar a paz entre as nações. A primeira Olimpíada foi disputada em Atenas, na Grécia (berço dos Jogos – criados em 776 a.C), Continue lendo

7 Filmes De Arte Que Todo Artista Deve Ver!

7 Filmes De Arte Que Todo Artista Deve Ver!

Inspire-se assistindo a 7 Filmes de Arte, os quais retratam a vida e a obra de 7 importantes artistas de diferentes matizes! Confira 7 Filmes De Arte Imperdíveis! Caravaggio: O Mestre dos Pincéis e da Espada  O documentário produzido pela TV Cultura, mostra os bastidores da maior exposição de Caravaggio trazida para o Brasil. E a partir da mostra, traça um perfil de Caravaggio (Pintor Barroco italiano do século XVI), que se notabilizou por pintar personagens e eventos bíblicos em situações mundanas), desde a sua infância até a Continue lendo

Veja 5 Curiosidades Sobre A Semana De Arte Moderna de 1922

Veja 5 Curiosidades Sobre A Semana De Arte Moderna de 1922

A  Semana de Arte Moderna de 1922 foi um marco na cultura brasileira, pois quebrou paradigmas e influenciou diversos movimentos, como o Modernismo, o Tropicalismo e a Bossa Nova. Confira 5 Curiosidades Sobre A “Semana De 22”! 1. A Exposição de Lasar Segall (1891 – 1957) e as duras críticas de Monteiro Lobato à mostra de Anita Malfatti (1889 – 1964), concorreram para a criação da Semana de Arte Moderna de 1922. Já que a Exposição de Lasar Segall é considerada a primeira mostra de pintura não Continue lendo

Os Segredos De Uma Obra-Prima Natalina – A Anunciação

Os Segredos De Uma Obra-Prima Natalina – A Anunciação

Em comemoração ao Natal (celebração do nascimento de Jesus), publico a história de uma Obra-Prima Natalina (A Anunciação), sob a ótica de Jan van Eyck, Mestre Renascentista. A Anunciação narra o momento, em que o anjo Gabriel anuncia a Maria, que ela conceberá e dará à luz a Jesus (lit. Javé é a Salvação), o Salvador. Tal episódio foi descrito no livro de Lucas, capítulo 1: “E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Continue lendo

Conheça A Trajetória De Um Gênio Da Literatura Brasileira

Conheça A Trajetória De Um Gênio Da Literatura Brasileira

Em tributo ao dia D (efeméride criada em 2011, em homenagem ao nascimento em 31 de outubro, do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade), publico a trajetória de um dos maiores bardos brasileiros de todos os tempos. Carlos Drummond de Andrade Carlos Drummond de Andrade é considerado o maior poeta brasileiro do século XX e um dos três mais importantes da Língua Portuguesa.  Drummond iniciou sua carreira literária na década de 20, mais precisamente em 1922, quando publicou trabalhos nas revistas Todos e Ilustração Brasileira. Em 1925, lançou sua Continue lendo

Luiz Gonzaga, O Rei Do Baião Se Veste De Sertão

Luiz Gonzaga, O Rei Do Baião Se Veste De Sertão

Luiz Gonzaga nasceu, em 1912, no interior de Pernambuco. Em sua infância, teve o primeiro contato com a Sanfona ao acompanhar seu pai, um sanfoneiro, nos bailes da região. Certa feita, um dos instrumentistas não compareceu e Gonzaga foi convidado a tocar em seu lugar. A partir de então, começou a ganhar notoriedade no sertão pernambucano. Em sua juventude, fugiu de casa. Tomou tal atitude após ser impedido de se casar com Nazinha, seu primeiro amor. Partiu, então, para o Crato, na região do Cariri, no Continue lendo

De Tudo Ficaram Três Coisas: Façamos Do Sonho, Uma Ponte!

De Tudo Ficaram Três Coisas: Façamos Do Sonho, Uma Ponte!

Para encerrar o Mês da Poesia, criado por mim, a fim de celebrar o Dia Nacional da Poesia, publico o Poema De tudo, ficaram três coisas…, de Fernando Sabino. Poesia Concreta A Poesia Concreta (movimento de vanguarda) caracteriza-se, principalmente, por seu apelo visual, uma vez que brinca com as cores, formas e palavras, a fim de distinguir forma de conteúdo. A Poesia Concreta foi criada pelos irmãos Haroldo e Augusto de Campos e por Décio Pignatari, na década de 50, com a concepção do Grupo Continue lendo

Morada De Muitos Pássaros E Flores

Morada De Muitos Pássaros E Flores

Em comemoração ao Dia Nacional Da Poesia, publico o Poema Moinho de Vento, de minha autoria! O Dia Nacional Da Poesia é comemorado, extraoficialmente, no dia 14 de março. A efeméride foi criada em homenagem ao nascimento, em 14 de março de 1847, de Frederico de Castro Alves, aclamado “O Poeta dos Escravos”. Já que Castro Alves era ferrenho defensor da abolição da escravatura. Tal ideologia foi evidenciada nos poemas O Navio Negreiro (a ode Tragédia no mar, mais tarde renomeada de O Navio Negreiro, foi declamada por Continue lendo